Tratamento de
Óleo

O sistema de tratamento termovácuo do óleo mineral isolante de transformadores tem como finalidade maior eliminar ou diminuir os percentuais, de água em PPM, encontrados no óleo isolante dos trafos. Esses valores são conhecidos a partir dos ensaios físico-químicos realizados em nosso laboratório.


O processo consiste na passagem do óleo mineral através de um sistema de filtros de celulose e, em seguida, por um sistema de aquecimento direto ou indireto com controle automático de temperatura. Após essas duas etapas, o óleo mineral é encaminhado para uma câmara que, sob vácuo, arrasta para a atmosfera os gases dissolvidos, bem como os vapores de água contidos no óleo mineral. O tempo de secagem do óleo depende das variáveis.


É aconselhável que após qualquer intervenção que se faça no óleo mineral isolante dos trafos, como tratamento termovácuo, regeneração e complemento do nível de óleo, seja feita nova coleta de amostras de óleo para análise físico-química / cromatografia gasosa.


Em muitos casos, é aconselhável que seja coletada amostra de óleo mineral isolante do trafo antes da realização dos serviços, para comparação posterior dos resultados. Em casos de dúvida de existência, não contaminantes de PCB's no óleo mineral do trafo ou se a máquina de secagem do óleo está isenta de contaminantes, a coleta de amostras de óleo do trafo deverá ser feita antes e depois do tratamento termovácuo para determinação do teor de PCB's. Todo tratamento termovácuo de óleo mineral está em conformidade quando os resultados obtidos a partir das análises físico-químicas e cromatográficas estão dentro de parâmetros estabelecidos por normas e pelo laboratório.

Voltar ao Topo

Voltar
ao Topo

Clientes
BlutrafosSescPorto SeguroSuzanoM&I EletricDanoneSepacoSodexoEnergCasa & Construção